Página inicial Dicas Segunda Licenciatura: por que fazer?

Segunda Licenciatura: por que fazer?

0
419

Se você chegou até este texto, uma coisa é fato: você já cursou uma Licenciatura e agora não sabe se casa, compra uma bicicletinha ou investe em uma segunda formação para enriquecer o currículo. Estou certa?

via GIPHY

Embora todos os planos possam parecer tentadores, é necessário pensar friamente e levar em consideração como está o mercado de trabalho atual. Para os profissionais que desejam criar uma carreira no meio acadêmico, uma segunda Licenciatura pode contribuir (e muito) para retornos bem positivos.

Afinal, o sucesso de um professor está totalmente relacionado ao quanto ele está disposto a se atualizar e incrementar saberes. Mas, se esse argumento ainda não ter convenceu a realizar uma nova faculdade, aí vão mais alguns motivos que podem te ajudar a tomar uma decisão.

Faltou identificação com o primeiro curso realizado?

Esse é um dos principais motivos para um profissional resolver cursar uma nova Licenciatura. Isso acontece, principalmente, porque diversos estudantes decidem por uma determinada faculdade sem ter muito embasamento para isso. E qual é o resultado dessa ação? O descontentamento com a área de atuação escolhida.

Hoje, existem milhares de professores que começaram sua jornada como pedagogos, por exemplo, mas que depois migraram para áreas mais específicas, como Educação Física. Ou seja, não existe nada de errado com as mudanças, elas são realmente normais e bem comuns.

E por falar em Pedagogia e Educação Física, você já pensou em atuar nessas áreas?

Os formados em Pedagogia podem ser professores de Educação Infantil ou Ensino Fundamental – Anos Iniciais e trabalhar com gestão escolar e coordenação pedagógica. Ambientes não escolares, como ONGs, editoras e hospitais, também recebem esses profissionais. Interessante, não?

No caso da Licenciatura em Educação Física, as coisas são um pouquinho diferentes. Um professor com essa formação tem amplos conhecimentos das áreas de educação e saúde, por isso pode atuar em escolas e colégios ensinando sobre esportes e sobre a importância da prática de atividades física para a manutenção do corpo.

Sabendo dessas informações sobre os cursos, fica mais fácil para entender porque tantos profissionais optam por fazer uma segunda Licenciatura. Apesar de ambas pertencerem ao setor educacional, elas apresentam muitas particularidades, que podem se encaixar mais ou menos com determinados perfis e pretensões de carreira.

Quer complementar saberes?

Com uma segunda Licenciatura isso também é possível!

Pense na seguinte situação:

Você entende tudo sobre educação e metodologias de ensino-aprendizagem porque cursou Pedagogia na faculdade, mas, agora, você quer utilizar esses conhecimentos para ensinar sobre saúde e esportes. O que você deve fazer? Complementar sua formação com um curso de Educação Física ou Letras, Matemática, Ciências Biológicas, Física, História, Química e por aí vai…

Pretende aumentar a competitividade de seu currículo?

Duas formações em áreas afins são, sem sombra de dúvidas, um acréscimo e tanto para o currículo e um ótimo método para se destacar no mercado. Isso porque as empresas buscam cada vez mais profissionais com habilidades múltiplas para compor seu quadro de funcionários.

Agora que você já conhece boas razões para começar uma segunda Licenciatura, você precisa saber mais sobre 7 cursos que demandam cada vez mais docentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here