Página inicial Engenharias Engenharia de Energia Passo a passo para se tornar um engenheiro de energia

Passo a passo para se tornar um engenheiro de energia

0
281

De extrema importância para a vida humana, as reservas naturais vêm se tornando cada vez menores em nosso planeta devido ao seu uso desenfreado. Isso acontece, por conta do crescimento da população e, por consequência, do aumento das demandas do setor energético.

via GIPHY

Diante desse cenário, surge a necessidade de criação de novas leis e atividades que estejam relacionados à preservação do meio ambiente, principalmente no quesito geração de energia; um tema do qual o engenheiro de energia entende muito bem.

Manjar desse assunto também é um de seus sonhos? Então, chegou a hora de você se preparar para uma grande missão: se tornar um engenheiro de energia. Conheça abaixo um passo a passo que pode te ajudar com isso!

Passo 1 – Conhecer as atribuições de um engenheiro de energia

via GIPHY

Antes de dar início a uma faculdade na área, é importante que você conheça e entenda as atividades que são exercidas por um engenheiro de energia.

Não bata o martelo para essa profissão sem antes responder a quatro perguntas:

– Você está preparado para estudar tudo o que possa estar relacionado à energia?

– Você consegue se imaginar trabalhando com análise e criação de projetos ligados a fontes energéticas?

– Você toparia desenvolver análises de impactos ambientes, econômicos e sociais relacionados a usinas?

– Aproveitamento de novas tecnologia para geração de energia é algo que chama sua atenção?

Se a resposta para essas perguntas for sim, existem grandes chances de você se dar muito bem como engenheiro de energia. Afinal, essas sentenças resumem o que você terá que fazer, após a formação, nas empresas, indústrias, consultorias, desenvolvedoras e por aí vai.  

Passo 2 – Dar início aos estudos (o quanto antes) em uma instituição de ensino reconhecida

via GIPHY

Na hora de escolher uma faculdade ou universidade que oferte o curso de Engenharia de Energia, pesquise sobre suas opções. Escolha uma instituição de ensino que ofereça uma formação global de todas as fontes de energia. Assim, você poderá atuar em diversas áreas de energias renováveis e não renováveis.

Não esqueça de observar, também, o quanto as universidades estão associando suas disciplinas às atividades práticas. Os melhores engenheiros de energia, com certeza, viveram a profissão antes mesmo de receber um diploma.

Passo 3 – Dedicar-se aos estudos

via GIPHY

Como ainda não é possível aprender por osmose, você terá que dedicar algumas horas de seu dia para os estudos extraclasse. Matérias como Circuitos Elétricos, Recuperação e Purificação de Bioprodutos, Planejamento Energético e Automação de Sistemas de Energia, por exemplo, poderão ser mais facilmente compreendidas com a ajudinha das leituras realizadas em casa.

Passo 4 – Conhecer o mercado de trabalho e suas possibilidades de atuação

via GIPHY

Diagnóstico, planejamento energético, otimização do consumo de energia e desenvolvimento de tecnologias são algumas das áreas que contam com o trabalho do engenheiro de energia. Pesquise sobre elas e avalie qual das possibilidades faz seu coração bater mais forte.

Passo 5 – Conquistar o diploma

via GIPHY

Após a conclusão das aulas, o momento mais esperado: a formatura. Com o diploma em mãos e a área de atuação definida, basta realizar apenas mais uma missão, a de arrasar no mercado.

Prepare-se para isso!

Leia também: 8 soft skills mais exigidas no mercado de trabalho

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here