Página inicial TI Análise e Desenvolvimento de Sistemas 7 cursos para quem é fã de tecnologia

7 cursos para quem é fã de tecnologia

0
360

Cada vez mais presente em nossas vidas, a tecnologia evolui a cada dia que passa. Prova disso são as marcas de celulares, por exemplo, que, em um piscar de olhos, lançam modelos com as mais inusitadas inovações. E, é claro, não podemos negar que a tal da tecnologia vem facilitando (e muito) nossas vidas, otimizando processos e muito mais. Já pensou em embarcar nessa área? Confira agora 7 opções de cursos para você que ama o universo tecnológico!

1. Análise e Desenvolvimento de Sistemas

via GIPHY

Para começar essa top list, vamos falar do “queridinho” quando o assunto é uma faculdade voltada para tecnologia. Desde o início do curso, os alunos já começam a estudar “botando a mão na massa”. O curso de ADS foca nas necessidades do mercado de trabalho. Logo, o aluno realiza atividades práticas que, certamente, serão exigidas nos lugares onde for trabalhar. O formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas projeta, documenta, analisa, implanta, testa e é responsável pela manutenção de sistemas de informação. Esse profissional pode atuar como programador, analista de sistemas, processos ou negócios, administrador de dados, gerente de T.I e várias outras funções. E o mercado para essa galera é superamplo. Além de pequenas, médias e grandes empresas, os órgãos públicos e governamentais necessitam de profissionais com essas habilidades.

2. Ciência da Computação

via GIPHY

Outro curso muito conhecido quando falamos de tecnologia é o bacharelado em Ciência da Computação. Comparado ao curso de ADS, a diferença é que, por trás da linguagem de programação, aqui, a fundamentação teórica é um pouco mais explorada, o que permite ao estudante uma ampla visão da informática em um âmbito empresarial. Os cientistas da computação podem criar qualquer tipo de ferramenta computacional, desde os programas mais simples até aqueles mais “cabulosos”, que envolvem processamentos complexos de informações. Quem conclui o curso de Ciência da Computação pode atuar na coordenação e supervisão de equipes, na elaboração de soluções para automatizar processos computacionais e na busca de novas aplicações nesse âmbito.

3. Ciência de Dados e Inteligência Artificial

via GIPHY

Celulares que reconhecem o usuário por meio da impressão digital, softwares que nos recomendam filmes com base no que gostamos… Esses são alguns exemplos concretos de que a Era da Inteligência Artificial finalmente chegou! E lado a lado a essa nova realidade está o profissional do curso de Ciência de Dados e Inteligência Artificial, que planeja, constrói e implementa sistemas para a exploração de dados. Além disso, trabalha com a aplicação da Inteligência Artificial na solução de problemas. O mais bacana é que quem trabalha nessa área pode atuar nas empresas dos mais variados segmentos, como as consultorias, por exemplo.

 4. Engenharia de Software

via GIPHY

Empresas dos mais variados segmentos estão inovando seus serviços e desenvolvendo suas próprias plataformas digitais. Diante disso, os engenheiros de softwares vêm ganhando cada vez mais espaço no mercado de trabalho, pois são eles os responsáveis por desenvolver sistemas computacionais de excelência para as organizações. O profissional dessa área é responsável pelo desenvolvimento e também pela gestão de sistemas. Linguagem de programação, cálculo e computação gráfica caminham lado a lado com a Engenharia de Software.

5. Sistemas de Informação

via GIPHY

Se você gosta de tecnologia e manda bem em Matemática, Sistemas de Informação deve estar em seu leque de opções. O profissional dessa área desenvolve softwares e trabalha com o fluxo de informações de redes de computadores e com banco de dados, criando sistemas de armazenamento e recuperação. Esse profissional pode atuar em empresas de qualquer tamanho e de vários setores.

6. Engenharia da Computação

via GIPHY

Aqui, o foco principal é o hardware. Além de desenvolver sistemas operacionais, o bacharel dessa área constrói computadores e equipamentos ou acessórios que se conectam ao famoso CPU (unidade central de processamento dos computadores), como teclados, cartões de memória, mouse etc. O engenheiro da computação pode atuar nas áreas de robótica e automação industrial, desenvolvendo sistemas digitais e robôs para fábricas e indústrias. Incrível, não é?

7. Jogos Digitais

via GIPHY

Se você é um amante do mundo dos games, esse curso é sua cara. Com duração média de dois anos e meio, basicamente, a graduação em Jogos Digitais envolve conhecimentos de desenho e informática. O profissional dessa área é capaz de desenvolver jogos eletrônicos, trabalhando com a criação de regras do jogo, personagens, cenários e animações. Demais, né?

Independentemente do curso escolhido, é interessante que você saiba que o mercado de trabalho busca dia após dia se envolver cada dia mais com recursos tecnológicos e que, mesmo assim, ainda existe uma certa carência de profissionais qualificados nessa área. Ou seja, além de sua paixão por tecnologia, esse pode ser um fator a ser levado em conta na hora de escolher seu curso.

Veja também Sessão pipoca: séries de TV que mostram como é a rotina das profissões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here