Página inicial Arquitetura Arquitetura ou Design de Interiores? Como escolher?

Arquitetura ou Design de Interiores? Como escolher?

0
301

Você tem perfil criativo e pretende seguir uma carreira na área de projetos urbanos ou organização de espaços internos? Então, você pode estar em dúvida entre os cursos de Arquitetura e Design de Interiores. Essa é uma questão comum, já que as duas profissões parecem seguir linhas semelhantes. Mas, ainda que tenham atividades em comum, as áreas de atuação desses profissionais são bastante diferentes.

Podemos resumir as diferenças entre as duas profissões observando os próprios nomes dos cursos. O arquiteto projeta edifícios, casas e espaços urbanos, enquanto o designer de interiores é responsável justamente pela organização de ambientes internos. Mas, as diferenças nas áreas de atuação são mais complexas e, por isso, as carreiras desses dois profissionais podem seguir caminhos distintos.

Espaço urbano x Espaço interno

Optando pela Arquitetura, o profissional será responsável por elaborar projetos com funcionalidade e estética, que visem a melhoria dos espaços urbanos. A finalidade é facilitar a vida nas cidades e nos ambientes com circulação de pessoas ou automóveis.

via GIPHY

Já o designer de interiores, como o nome indica, é responsável pela organização e pelo planejamento de ambientes internos. Dentro desse espaço, as atividades se assemelham às de um arquiteto. Ele se responsabiliza pela estética e funcionalidade do local, considerando também questões de ergonomia e conforto.

Atividades

Atuando como designer, o profissional precisa estar atualizado quanto às novidades dos mercados de móveis, acessórios de decoração, iluminação, cores e textura. As atividades não envolvem alto conhecimento de materiais ou cálculos mais complexos, mas requerem inteligência na organização interna de casas ou espaços corporativos.

O arquiteto precisa levar em consideração diversos fatores em seus projetos. É preciso observar questões climáticas e ligadas ao relevo e tipo de solo do local, por exemplo. É essencial ainda um amplo conhecimento dos materiais, exigindo além de habilidades de desenho e criação, domínio de Matemática, Física e Química.

via GIPHY

Mercado de trabalho

As opções de mercado para um arquiteto são amplas. Além da opção de trabalhar na projeção de casas e edifícios, o profissional também pode ser contratado para coordenação de obras, paisagismo, decoração ou mesmo para atuar com design de interiores.

Também há diferentes possibilidades de mercado para o designer de interiores. Os maiores empregadores são construtoras, escritórios de arquitetura, imobiliárias, indústrias, shoppings e comércios em geral. Há ainda oportunidades de prestação de serviços particulares em residências e ambientes profissionais.

Conclusão

Mesmo que os dois cursos possam se confundir e as dúvidas entre as profissões sejam comuns, é possível perceber claramente algumas diferenças nas atividades e conhecimentos necessários para seguir cada uma das carreiras. Além das áreas de atuação, o mercado de trabalho também pode apresentar caminhos singulares para cada uma das profissões. Se você busca cursos que exijam criatividade, separamos outros cinco que você pode conferir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here